• clinicahopesp

Infertilidade sem causa aparente



Um dos diagnósticos mais difíceis para os casais, porque além de terem que lidar com a frustação da infertilidade, não se acha uma resposta da causa. Ela acomete cerca de 10% dos casais, onde são realizados todos os exames e não consegue se definir o porquê da infertilidade.⁣

Mas será que existem outros fatores que possam estar levando estes casais a não conseguirem engravidar??⁣

Sim, temos que pensar que outras doenças e fatores podem levar a infertilidade, como por exemplo:⁣

- Doenças autoimunes: Tireoidite de Hashimoto, artrite reumatoide, doença celíaca são alguns exemplos de doenças que afetam a fertilidade.⁣

- Alterações da tireoide: Hipotireoidismo⁣

-Intolerância alimentar: intolerância a lactose⁣

-Exposição a toxinas: muitas toxinas são disruptores endócrinos e afetam a sua fertilidade como exposição BPA, ftalatos que estão no nosso dia a dia e nem nos damos conta.⁣

-Obesidade⁣

E como tratar?⁣

Estes casais devem ser avaliados individualmente, e diante de fatores como idade, tempo de infertilidade podemos recorrer a diversas técnicas de Reprodução Assistida: coito programado, inseminação intrauterina e a Fertilização in Vitro.⁣

Ficou com alguma dúvida, deixe nos comentários.⁣

#clinicahope

#YouHopeWeHope

#fiv

#infertilidade

0 visualização

DICIONÁRIO DA FERTILIDADE

Verbetes, causas e tratamentos sobre o universo da fertilidade. Nosso dicionário tem tudo o que você deseja saber.

FALE CONOSCO

Dúvidas, agendamento de consultas ou sugestões?

Fale com a Hope!

E-mail: contato@clinicahope.com.br

Telefones: +55 (11) 3887-3626  // +55 (11) 3884-7949

        Whatsapp: +55 (11) 94821-6406

REDES SOCIAIS

ICON-FACE.png
ICON-INSTA.png
ICON-TWITER.png
ICON-YT.png

NOSSOS PARCEIROS

labforlife.jpg
lgenomix.jpg
ivi.png
logo_fertility.png

As informações contidas em nosso website têm caráter informativo e educacional. O conteúdo jamais deverá ser utilizado para autodiagnóstico, autotratamento e automedicação. Em caso de dúvida, o médico deverá ser consultado, pois, somente ele está habilitado a praticar o ato médico (diagnóstico, tratamento, encaminhamento de um paciente e prevenção de agravos ao mesmo), conforme orientação do Conselho Federal de Medicina.

Diretor Clínico: Dra. Amanda Volpato Alvarez - CRM 122.447 - GINECOLOGIA E OBSTETRICIA - RQE nº 25680 - REPRODUÇÃO ASSISTIDA - RQE nº 25680-1

© 2020 | Projeta Comunicação