• clinicahopesp

O que é SOP? O que causa isso? Qual o tratamento?

Síndrome do Ovário Policístico. SOP.


A SOP é um distúrbio endocrinológico muito comum em mulheres durante a sua vida reprodutiva. É uma doença endócrina que atinge cerca de 5% a 20% da população feminina em idade reprodutiva.


Ela está relacionada a alterações hormonais que provocam a formação de cistos ovarianos. Mas os cistos não são a causa da não ovulação, são a consequência dela. A doença é chamada de síndrome do ovário policístico porque existem muitos pequenos “cistos” nos ovários. Mas, realmente - um cisto é uma estrutura cheia de líquido na ultrassonografia e, no contexto da SOP, você tem muitos pequenos folículos - e, tecnicamente, cada folículo é um cisto. Quando você está prestes a ovular e tem um folículo, isso é um cisto. Portanto, se você tem SOP, há muitos folículos que não respondem aos hormônios. Portanto, os cistos não são o problema, mas o verdadeiro problema é a disfunção hormonal.


Basicamente, a comunicação entre o cérebro e o ovário é disfuncional. Portanto, você provavelmente sabe que o cérebro envia dois hormônios, LH e FSH. Eles têm funções diferentes. FSH (um hormônio bem denominado, hormônio estimulador do folículo) controla o crescimento do folículo, que acontece à medida que o óvulo amadurece. LH (hormônio luteinizante) ajuda a desencadear a ovulação (liberação do ovo) e estimular a produção de progesterona na fase lútea. O LH também é muito importante na produção de hormônios.


Resumindo - os ovários são uma fábrica de produção de hormônios.


Na SOP, a resposta ovariana aos hormônios cerebrais é anormal (disfunção ovariana).


Uma mulher nasce com todos os óvulos que vai ter, eles ficam presos dentro de seu ovário, e no início de cada mês um grupo de óvulos é liberado. Esses óvulos estão esperando para receber um sinal do cérebro que é o FSH. Na SOP o número de óvulos liberados é muito alto e o sinal de FSH é normal. Assim, o sinal é enviado a todos os folículos, o que faz com que ele fique fraco (ou diluído). O sinal não é forte o suficiente para fazer com que um folículo responda. Os folículos estão produzindo estrogênio apenas o suficiente para impedir que o cérebro e o ovário se comuniquem adequadamente. No entanto, o ovário é uma máquina poderosa na produção de hormônios e gosta de fazer seu trabalho direito. Quando não consegue produzir estrogênio suficiente, ele produz testosterona. A via do LH para a produção de andrógenos torna-se a via preferida e os hormônios masculinos são produzidos em uma taxa muito maior do que o estrogênio, criando um desequilíbrio hormonal.


E muitas vezes você já deve ter ouvido falar da resistência a insulina em pacientes com SOP. Mas o que é isto? o que significa?

A insulina é extremamente importante e é importante que a entendamos. A insulina ajuda seu corpo a fazer duas coisas: usar glicose ou armazenar glicose. A resistência à insulina ocorre quando as células não estão mais absorvendo a glicose. Assim, as células parecem ter níveis baixos de glicose e o fígado começa a decompor a glicose para fornecer mais açúcar. O pâncreas começa a trabalhar horas extras para obter mais insulina porque o corpo está dizendo que precisa de mais açúcar nas células. A insulina estimula o aumento da produção de androgênio ovariano. Isso significa que está fazendo com que o corpo produza mais LH e o ovário está sendo deslocado para produzir ainda mais andrógenos. A insulina também evita que o fígado crie globulina de ligação ao hormônio sexual (SHBG). O SHBG flutua em seu sangue e se liga aos seus hormônios livres, como a testosterona. Seu corpo não pode usar hormônios que estão ligados ao SHGB. Então, quando os níveis de SHBG estão altos, você não pode acessar esta testosterona. Quando os níveis de SHBG estão baixos, isso significa que há menos testosterona ligada e mais que está circulando livremente e causando um impacto em suas células. Portanto, a insulina está fazendo com que seus ovários produzam mais andrógenos e os liberte na corrente sanguínea. Nem todas as pessoas com SOP têm resistência à insulina, mas 60-70% terão. É um grande contribuinte para piorar a doença, embora não seja a causa da SOP.


É verdade que mulheres com SOP tem sobrepeso?

Mulheres com SOP podem ter qualquer tipo de corpo, pois é um problema de ovário. No entanto, algumas mulheres desenvolvem SOP à medida que ganham peso. A obesidade predispõe à SOP e também agrava a doença. Suas células de gordura também são fábricas de hormônios que produzem uma forma de estrogênio chamada estrona. A estrona pode se transformar em testosterona. Esse alto nível de estrogênio também está contribuindo para o feedback ao cérebro dizendo não envie mais FSH porque o ovário está produzindo estrogênio suficiente. Além disso, com o aumento da obesidade, seu fígado produz menos SHBG. A obesidade piora a resistência à insulina. Nem todas as mulheres com sobrepeso ou obesas têm SOP, e nem todas as pessoas com SOP estão com sobrepeso ou são obesas.


Como é feito é diagnóstico?

O diagnóstico é feito por apresentar dois dos três sintomas a seguir. Estes são chamados de “critérios de Rotterdam”.


1. Hiperandrogenismo que pode ser diagnosticado por níveis sanguíneos ou sinais clínicos de andrógenos elevados, como pelos faciais, acne, perda de cabelo próximo à área temporal.


2. Ciclos menstruais irregulares ou ausentes que são a marca registrada da doença clinicamente significativa na fertilidade.


3. Ovários de aparência policística na ultrassonografia. Os critérios dizem que é sobre ter um certo número de folículos antrais maior do que o normal. Existe um padrão muito consistente que vai além da contagem de folículos. Vemos uma parte central espessa do ovário com pequenos folículos antrais empurrados para a superfície externa, chamados de "anel de pérolas". Muitas mulheres jovens com alta reserva ovariana terão o diagnóstico oficial apenas pela contagem dos folículos antrais. No entanto, grande parte delas não tem SOP.


Por que meus períodos são irregulares?

Por causa da disfunção hormonal. Seu corpo não está produzindo estrogênio suficiente para engrossar o revestimento interno, o endométrio. Então, não há queda na progesterona, sinalizando para o corpo que é hora de sangrar. Às vezes, você ainda sangrará, mas não é como um ciclo mestrual normal porque você não está ovulando. Então o importante é saber se você está ovulando ou não.


Outros achados comuns com a SOP, mas que não fazem parte do diagnóstico oficial.


· Resistência a insulina

· Colesterol alto

· Anormalidades da tireóide ou prolactina.

· Síndrome metabólica


E quanto ao tratamento?

Vamos começar por fatores de estilo de vida que podem melhorar a disfunção hormonal para que seu corpo funcione da melhor maneira possível.


Dieta

Carboidratos, muitas vezes são considerados vilões, mas os carboidratos são componentes importantes da dieta humana. Tanto a quantidade quanto a qualidade afetam a sensibilidade à insulina e o metabolismo da glicose. Os grãos integrais são antioxidantes, têm propriedades anti-inflamatórias e têm fibras que têm impactos benéficos sobre como seu corpo processa a glicose, o que reduz a resistência à insulina associada a taxas melhoradas de nascidos vivos em estudos de fertilidade natural e fertilização in vitro.


Dietas com baixo teor de carboidratos - Cetogênicas

Muito se fala sobre dietas de baixo teor de carboidratos e dietas Keto. O estado de cetose é um estado de perda de peso, e a obesidade e o excesso de peso amplificam os problemas na SOP. Perder peso pode ser benéfico e a cetose pode ajudá-lo a perder peso. No entanto, não associamos o uso a longo prazo de uma dieta cetogênica com melhora nas taxas de gravidez. Um estudo realmente mostrou uma diminuição no sucesso com a fertilização in vitro, o que significa que menos óvulos foram recuperados ou menos gestações em mulheres que fizeram uma dieta cetogênica entre os ciclos. Uma dieta baixa em carboidratos pode estar associada a uma rápida perda de peso. Mas qualquer dieta em que você limite o açúcar e os alimentos processados ​​resultará na perda de peso. Não é que os carboidratos de grãos inteiros sejam ruins para você, mas que você está eliminando outros alimentos. O velho dogma da SOP era "perder peso a qualquer custo". A perda de peso pode ajudar, mas é mais do que apenas perder peso. A qualidade do que você está colocando em seu corpo é também importante.


Dieta e proteína de base animal

O consumo em excesso de proteína animal, em especial a carne vermelha, pode ser associada a menores índices de ovulação e taxas de gravidez. Outros estudos que examinaram a resistência à insulina nos mostraram que a proteína da proteína animal mostra um aumento na resistência à insulina e é altamente inflamatória para o corpo. Em pacientes com SOP, é recomendado reduzir o teor de carne, dando preferência para uma dieta baseada em vegetais e eliminando açúcares e alimentos processados.


Perdendo peso

Se você está acima do peso, perder peso pode desempenhar um papel importante nos sintomas de SOP. Nós sabemos como é difícil para os pacientes perder peso, especialmente se você está tentando engravidar. Estudos mostraram que mesmo perder uma pequena porcentagem do peso corporal pode restaurar a ovulação, porque as células de gordura pioram a resistência à insulina e contribuem para esse desequilíbrio extra.


Suplementos e medicamentos

Vitamina D: A vitamina D é anti-inflamatória, e importante para pacientes que desejam engravidar.

Metformina: É um agente de sensibilização à insulina, portanto, melhora a sensibilidade das células à insulina. Com isto a resistência à insulina e melhora o funcionamento do corpo. É importante notar que a metformina pode causar náusea ou diarreia, que geralmente melhora com o tempo. Nem todos os pacientes com SOP precisam tomar metformina. Se você tem resistência à insulina ou síndrome metabólica, a metformina será importante para você.

Mio-inositol: Também existe um suplemento chamado mio-inositol que pode ajudar com a resistência à insulina. É essencialmente um segundo mensageiro de como o corpo processa o açúcar.


Quais são os tratamentos se você está tentando engravidar?

A anovulação é o maior problema para quem tem SOP e está tentando engravidar. É importante saber que não é o único problema. Por causa da disfunção metabólica e da alta resistência à insulina, houve associações com SOP e baixa qualidade do óvulos e maiores taxas de aborto. Precisamos fazer tudo o que pudermos para melhorar essas anormalidades metabólicas.

Mas não podemos de deixar de investigar outras causas de infertilidade em quem tem SOP, muito importante por exemplo uma avaliação masculina e uma avaliação das trompas uterinas. Infelizmente vemos muitas mulheres com SOP tomando indutores sem ovulação, e possuem as vezes um fator masculino ou as trompas obstruídas que impedem também a gravidez, e assim perdem tempo com tratamento que não dará certo.


Mas estando tudo normal, a primeira abordagem é a indução da ovulação. Podemos fazer isso com medicamentos orais ou hormônios injetáveis.

Os medicamentos orais incluem letrozol ou citrato de clomifeno. Eles funcionam de forma diferente. O citrtao de clomifeno liga-se ao cérebro enquanto o letrozol atua perifericamente. Eles funcionam de forma semelhante na medida em que reduzem o nível de estrogênio do corpo. O estrogênio é reduzido e isso indica ao cérebro que ele precisa de uma dose maior de FSH, que estimula o folículo a crescer.

Os hormônios injetáveis ​​são gonadotrofinas, o que significa que na verdade estamos administrando o hormônio que faz o folículo crescer e permite que o óvulo amadureça (FSH e LH). As gonadotrofinas podem ser difíceis para mulheres com SOP porque encontrar a dose exata para que você ovula apenas um ou dois óvulos, e não vários óvulos, pode ser difícil.


A outra opção que temos é a fertilização in vitro (FIV), que nos dá as maiores taxas de sucesso. Esta é a única opção para algumas mulheres com SOP que são resistentes aos medicamentos orais e respondem muito aos hormônios injetáveis.

A FIV também pode ser indicação para mulheres mais velhas com SOP, ou aquelas que já realizaram mais de 6 meses de tentativas com indução da ovulação e mesmo assim não engravidaram.



3 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo